20.3.09

Gráficos relativos aos Batimentos por Minuto (BPM) das dáfnias, quanto ao controlo (quando estavam na água do seu meio) e quando foi aplicada uma determinada droga (solução experimental).

 

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

Gráficos relativos ao estudo da variação do ritmo cardíaco da dáfnia após a aplicação dos testes.

 

Diminuição do BPM (% de variação negativa) - SOLUÇÃO DEPRESSORA

Aumento do BPM (% de variação positiva) - SOLUÇÃO ESTIMULANTE

 

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

 

 

 ( clique aqui para ampliar a imagem )
 

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

Apesar desta experiência ter sido realizada pela primeira vez, o grupo considera que estes resultados não estão, à partida, aptos para fortificar uma coerente conclusão.

 

Contudo, quanto aos dados obtidos, classificámos:

Soluções Estimulantes

Nicotina, cafeína, antipirético e cacau (teobromina)

Soluções Depressoras

Álcool (% relativa a cerveja, vinho e vodka), antidepressivos e antibiótico.

 

link do postPor batidas-saudaveis, às 17:15  comentar

18.3.09

Tal como planeado, a actividade laboratorial para o 12.º A foi realizada em perfeitas condições. Todo o material foi colocado à disposição dos elementos, bem como foram dadas explicações sobre o protocolo experimental enviado pelo Visiunarium.

 

No final, cada grupo teve a oportunidade de concluir o efeito de algumas drogas de efeito desconhecido, principalmente as soluções farmacológicas preparadas.

 

Descobrindo a dáfnia pela primeira vez

 

 

 

O Laboratório de Biologia

 

 

 

 

Tentando acertar a técnica de contagem dos batimentos cardíacos 

 

 

 

A orientadora

 

 

Esta aula prática teve, então, como objectivos:

 

  • a utilização do M.O.C. para a observação de seres pluricelulares;
  • observação da morfologia da dáfnia;
  • treinar a técnica de contagem dos batimentos cardíacos;
  • relacionar os efeitos finais da aplicação das soluções com os efeitos que podem produzir no ser humano;

 

 

( clique aqui para ampliar a imagem )

 

Infelizmente, a solução de teofilinas (chá) não pôde ser testada. De qualquer maneira, os resultados obtidos (embora poucos) para as outras soluções falam por si (serão apresentados na próxima postagem).

 

Alguns videos capturados durante a observação e aplicação das soluções experimentais
 

link do postPor batidas-saudaveis, às 16:34  comentar

10.3.09

Para a próxima actividade prática a realizar, aqui se listam alguns dos efeitos esperados:

 

- Aumento do ritmo cardíaco (solução estimulante)

- Diminuição do ritmo cardíaco (solução depressora)

 

  1. Nicotina - Solução Estimulante
  2. Cafeína - Solução Estimulante
  3. Antipirético - Solução de efeito desconhecido
  4. Antidepressivo - Solução Depressora
  5. Antibiótico - Solução de efeito desconhecido
  6. Chá - Solução Estimulante (por pertencer ao mesmo grupo que a cafeína)
  7. Cacau - Solução de efeito desconhecido (porém, por pertencer ao mesmo grupo que a cafeína e as teofilinas - chá -, prevemos ter resultados de efeito estimulante)
  8. Álcool - Solução Depressora

Esta breve conjectura, estas previsões foram baseadas consoante a informação disponível no Manual do Kit Escolar Daphnia, bem como de alguns conceitos adquiridos ao longo do percurso escolar dos membros do grupo.

 

Clique aqui e faça a simulação em tempo real do efeito de algumas drogas no ritmo cardíaco da Dáfnia.
 

link do postPor batidas-saudaveis, às 15:54  comentar

6.3.09

Como referido, no próximo dia 17 de Março o grupo irá dar início às demonstrações do efeito de algumas drogas nos organismos de daphnia magna. A turma convidada será, inicialmente, a turma onde os elementos do grupo fazem parte.

 

Contudo, antes mesmo desta pequena amostra à turma, os alunos Diogo Silva e Patrícia Alves estudaram o efeito de algumas dessas drogas a testar. A primeira apresentação de resultados está dependente do trabalho desenvolvido por esta turma, já que serão estes os dados que iremos utilizar para classificar as drogas.

 

Quanto a pequenas dissertações sobre, por exemplo, o álcool, o tabaco (nicotina), o café (a cafeína), os chás (teofilinas), bem como produtos farmacológicos, explicando os efeitos destes últimos no organismo de um ser vivo, só serão referidas, pertinentemente, após a divulgação dos resultados obtidos.

 

De qualquer maneira, aqui fica uma lista das soluções que irão estar disponíveis numa primeira fase, no laboratório, para teste, usando o modelo biológico:

 

  • Nicotina (30%)
  • Nicotina obtida através da destruição de um charuto
  • Cafeína (30%)
  • Solução farmacológica (antipirético)
  • Solução farmacológica (antibiótico)
  • Solução farmacológica (antidepressivo)
  • Chá (teofilina) rico em catequinas, utilizado para reduzir a massa corporal
  • Solução de Cacau (teobromina)
  • Solução de álcool a 5,6% (cerveja)
  • Solução de álcool a 12% (vinho)
  • Solução de álcool a 40% (vodka) 

O grupo coloca a disposição de todos os interessados (quer estejam a participar no Projecto DAPHNIA ou não) uma grelha de registos para os batimentos cardíacos das dáfnias, aquando da realização de testes. Estra grelha, criada em Excel (formato 2007, .xlsx) gera automaticamente os gráficos perante os valores introduzidos.

 

Para fazer download, por favor clique aqui e siga as instruções.
 

link do postPor batidas-saudaveis, às 20:49  comentar

2.3.09

Passados vários dias após o início das culturas procedemos, então, ao tão aguardado momento de vermos as dáfnias ao pormenor.

Foram seleccionadas algumas dáfnias das duas culturas iniciais e cada elemento fez a preparação microscópica de uma dáfnia de cada cultura.

  

Primeira obervação ao M.O.C.

 

 

Através da observação desta primeira preparação biológica, pudémos constatar que o organismo se tratava de uma dáfnia fêmea (é possível reparar com pormenor nos ovos partenogénicos).

 

Nesta mesma aula procedemos, também, ao treino da técnica de contagem do batimento cardíaco das dáfnias, de modo a familiarizar o grupo com este método para eventos futuros.

Observar uma dáfnia ao M.O.C. implica:

  • saber o material necessário à experiência;
  • saber preparar uma lâmina (preparação microscópica);
  • saber a constituição e o modo básico de funcionamento do microscópio óptico;
  • saber como efecturar a técnica para a contagem dos batimentos cardíacos, tanto para o controlo (dáfnia em meio normal - água) como para a solução (droga);
  • ter previamente algum conhecimento sobre drogas depressoras e drogas estimulantes, bem como prever os seus efeitos;
  • saber utilizar o material de laboratório (pipetas, lâminas, etc.) em perfeitas condições, de modo a aplicar as drogas, a preparar a lâmina com a dáfnia, etc.
  • acima de tudo uma grande atitude ética perante este organismo teste.

 

Nas próximas postagens serão colocadas imagens e vídeos das primeiras observações efectuadas em laboratorio. 
 

Observação

No próximo dia 17 de Março, pelas 10 horas, serão realizadas actividades práticas envolvendo a dáfnia, por exemplo, no estudo do ritmo cardíaco e em testes de toxicidades de águas.

 

O laboratório estará aberto, de início, apenas para a turma de Ciências A, do 12.º ano de escolaridade, pois o número de dáfnias ainda não é suficiente para apoiar as restantes turmas de 10.º, 11.º e ciclos. Contudo, novas actividades serão realizadas com estes últimos anos.

 

Encontra-se aberta a oportunidade de visitar o laboratório e ver ao pormenor a dáfnia.

 

link do postPor batidas-saudaveis, às 15:44  comentar

 
blogs SAPO
Dáfnia número
Free Counters
arquivos